Medo de Investir: Aprenda a superar seus medos e tenha sucesso nos investimentos

Investir pode parecer assustador se você não sabe o que está fazendo.
Investir pode parecer assustador se você não sabe o que está fazendo.

Você tem medo de investir?

Parece uma pergunta estranha, mas não se assuste.

A maioria das pessoas nem sabem o que é bolsa de valores.

Elas não tem culpa, afinal, a maioria das famílias não ensinam ou não sabem o que é educação financeira.

Até nas escolas e universidades não aprendemos como lidar com o dinheiro.

Neste sentido, o medo do desconhecido se torna a maior barreira para que as pessoas possam investir seu dinheiro.

O medo é uma emoção primitiva e instintiva.

Esse sentimento tem mantido a nossa espécie ao longo dos milênios, nos protegendo de sermos comidos por tigres dentes de sabre ou nos impedindo de saltar de penhascos, tentando voar como um pássaro.

No entanto, quando se trata de investir, esse mesmo instinto primitivo obscurece o julgamento das pessoas e faz com que elas cometam erros tolos.

O que você vai aprender neste artigo:

  • Porque é importante investir dinheiro (o quanto antes)
  • Quais são os medos mais comuns em relação ao dinheiro
  • Como superar seus medos e ter sucesso nos investimentos

Entenda Porque Investir é Tão Importante

Durante sua vida, você vai precisar receber algum tipo de renda, seja para pagar contas, consumir produtos que gosta, poder viajar, comprar bens, etc.

Basicamente existem duas fontes de renda:

  • Seu trabalho (emprego ou negócio)
  • Seus investimentos

A renda oriunda do seu trabalho (seja como funcionário, empreendedor, autônomo, etc) é uma renda ativa.

Ela vai exigir que você gaste tempo e energia, coloque a mão na massa.

Se você já tem uma educação financeira, então sabe que precisa manter uma vida mais simples, gastar menos do que se ganha e deve…investir seu dinheiro!

Investir é colocar seu dinheiro para trabalhar.

Ao investir você vai acumular riqueza e ativos que, no futuro, no longo prazo, permitirá a você e sua família viver dos rendimentos desse patrimônio através da renda passiva.

Se livrar das dívidas, aprender a gastar menos do que ganha e a criar o hábito de economizar são os primeiros passos para uma saúde financeira. Só depois disso que a pessoa deve pensar em investir.

Um dos locais mais incríveis que você pode investir seu dinheiro é no mercado financeiro através da compra de títulos e valores mobiliários, como ações, títulos, fundos imobiliários, etc.

Contudo, não é assim tão simples…

A maioria das pessoas não gostam ou não querem aprender a investir

Vamos admitir: Dinheiro é um tabu no Brasil.

As pessoas não gostam de falar sobre ele, de aprender a cuidar da suas economias e muito menos falar sobre investimentos.

Olhe bem, você não precisa sair por aí falando sobre dinheiro e investimentos a todo momento.

Na verdade, é melhor ficar na sua e aprender com suas próprias decisões, erros e sucessos.

O que você não pode é deixar de se preocupar com o futuro.

É extremamente importante pensar em criar uma fonte de renda que permita você viver melhor.

Quem investe possui liberdade de escolha.

Você pode poupar e investir para objetivos a curto prazo, por exemplo.

Acumular e investir capital para comprar um imóvel ou um carro é um pensamento sensato, pois além de receber os juros dos investimentos, você não vai pagar juros dos empréstimos.

Você não pode deixar seu futuro nas mãos de terceiros

Ultimamente tivemos visto diversas notícias sobre problemas na Previdência Social, onde o Governo estuda formas de alongar o tempo de contribuição para a aposentadoria, pois não vai ter dinheiro para pagar todo mundo!

Como se não bastasse, vemos também diversos problemas na Previdência Privada (normalmente fundos de grandes empresas estatais).

Fundos gigantes, como o Postalis dos Correios (fonte: Estadão) e o Petros da Petrobras (fonte: UOL), com problemas atuariais sérios, onde seus contribuintes e aposentados tendo que desembolsar mais dinheiro para garantir a renda no futuro.

Neste ponto que quero chamar atenção.

Mesmo sabendo de toda a importância que é investir dinheiro, muitas pessoas postergam suas decisões financeiras simplesmente por terem medo.

Para entender a origem desse medo, criei uma lista com 5 medos que eu considero os mais comuns e em seguida criei 5 formas eficazes de superar cada um deles.

5 Razões das Pessoas Terem Medo de Investir

Medo de Investir Dinheiro

Confira a seguir os medos os quais considero comuns na hora de investir.

Veja se você consegue se identificar com algum deles.

Medo #1: Perder Todo o Dinheiro

O maior argumento das pessoas para se afastarem de vez do mundo dos investimentos é o medo de perder todo o dinheiro.

Elas não estão erradas, afinal, quem não tem medo de perder todo dinheiro?

Preocupações como:

  • Como vou colocar meu dinheiro em ações se posso perder tudo?!
  • Ações podem subir ou cair muito, vou perder todo meu dinheiro!
  • Não dá para confiar neste mercado, se eu perder tudo, quem irá me ressarcir?

Esse medo pode ser explicado pelos teóricos de finanças comportamentais.

Se chama aversão a perda.

Aversão a Perda: tendência dos indivíduos a serem mais afetados pelas perdas do que os ganhos. Desta forma, a satisfação de se obter determinado ganho é menor do que sofrimento da perda equivalente.

Medo #2: Não Entender Nada de Investimentos

Esse medo é o mais comum, bem como o primeiro.

Na verdade, esse medo e o primeiro já são suficientes para a maioria das pessoas desistirem de aprender a investir.

É muito cômodo você desistir de algo simplesmente porque não entende nada por aquele assunto!

Prefere delegar essa responsabilidade a terceiros.

O medo do desconhecido é tão grande que simplesmente travam sua capacidade de pensar de forma racional.

Mas, tem outro medo que pode te travar completamente….

Medo #3: Não Saber Onde Investir

Mesmo que a pessoa supere os dois medos anteriores, não saber onde investir é assustador e que pode travar as pessoas no momento de investir.

O Medo de não saber quais ativos escolher para investir pode fazer as pessoas a tomarem decisões muito ruins.

É altamente perigoso porque pode levar as pessoas a procurarem dicas, notícias, buscarem a especulação ou seguirem gurus e analistas.

E definitivamente esse não é o caminho para ser bem sucedido nos investimentos!

Medo #4: Não Saber o Melhor Momento para Investir

Digamos que a pessoa tenha feito uma boa avaliação para investir em ações.

Ela ainda vai enfrentar outro medo: quando investir.

O “quando investir” leva a pessoa a desenvolver o medo de não conseguir investir no melhor momento.

Além de travar suas tomadas de decisão, o “quando” é terrível pois as pessoas podem buscar tentar adivinhar o momento certo para entrar no mercado.

Podem tentar apostar ou mesmo tentarem adivinhar que é chamado de timming do mercado.

Ao focar na busca pelo melhor momento para comprar uma ação por exemplo, as pessoas só enxergam o preço e não o valor.

E isso as levam a tomarem decisões cada vez piores.

Tentar adivinhar o melhor momento pode levar a pessoa a seguir o caminho da especulação,  que não é um caminho sustentável para o acúmulo de riqueza.

Medo #5: Sofrer com as Escolhas Erradas

Esse medo eu considero o mais poderoso e mais intenso.

O medo de cometer erros é terrível porque afeta o ego da pessoa.

Imagine a pessoa ter que lidar com péssimas escolhas enquanto vê um amigo ou conhecido se dando bem?

Tem gente que morre de medo de errar, e isso é cultural no Brasil.

As pessoas tem medo de serem julgadas pelas suas escolhas.

Não sabem que seu maior algoz são elas mesmo.

5 Formas de Superar o Medo de Investir

superar medo de investir

Talvez você tenha se identificado com algum dos itens que citei anteriormente. Talvez não.

Mas eu vou confessar para você.

Eu já senti TODOS eles.

Cada um dos medos anteriores me prejudicaram em algum momento em minha jornada como investidor.

Eu tive que superá-los.

Confira as cinco superações a seguir que eu utilizei para lidar com eles.

Superação #1: Crie um Fundo de Emergência

Antes de colocar 1 centavo na bolsa ou seja qual investimento for, você deve criar um fundo de emergência.

O fundo de emergência é o seu colchão de segurança.

É nele que estará o dinheiro que você vai precisar para cobrir eventos não planejados.

A vida é assim mesmo! Nem tudo são flores.

Acidentes acontecem, coisas quebram, pessoas ficam doentes, etc.

Seu fundo de emergência vai permitir cobrir todos esses gastos.

O dinheiro que você for usar para investir deve ficar isolado, não pode ser usado para cobrir necessidades emergenciais.

O fundo de emergência deve estar no investimento mais líquido e de menor risco possível, como a boa e velha Poupança.

Sobre quanto guardar, aconselho uma quantidade entre 10 a 20 vezes seus gastos mensais normais.

Além da questão financeira, o fundo de emergência vai transmitir segurança e permitir que você durma tranquilo, pense melhor e tome as melhores decisões.

Você não vai ficar preocupado em perder todo seu dinheiro ou em ter que sacar da sua carteira de investimentos, que foi criada para o longo prazo.

Portanto, já sabe: crie um fundo de emergência.

Superação #2: Aprenda, Estude, Leia!

Quanto mais você aprende sobre qualquer assunto menos intimidante ele se torna.

Mais conhecimento também adiciona munição mental para dar o salto e permanecer no curso para levá-lo ao acúmulo de patrimônio e riqueza.

Quanto mais conhecimento sobre mercado financeiro e investimentos você tiver, mais confiança vai sentir de que não estará cometendo erros óbvios.

Há muito material, gratuitos e pagos, para aprender mais sobre como investir.

Aqui no Investidor em Valor você também aprende a se desenvolver como um investidor melhor.

Por falar nisso, já assinou nossa lista de e-mail?

Receba novidades por email (é grátis!)

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade. Nunca enviamos SPAM!

Superação #3: Monte uma Carteira Diversificada

Ao montar sua carteira procure diversificar as classes de investimentos (como ações e títulos) bem como os ativos dentro de cada classe (ações de empresas de dividendos, empresas de crescimento, setores diferentes, títulos de curto prazo, médio, etc).

Ao diversificar o investidor fica menos expostos a oscilações de mercado, bem como eventos econômicos e de negócios que podem afetar uma determinada empresa.

Se uma ação cair 50%, mas representa apenas 4% da carteira do investidor, então a queda foi de apenas 2%.

Como já dito antes, a perda dói mais do que o ganho e isso protege principalmente as emoções negativas do investidor (como medo, pânico e ansiedade).

O poder da diversificação gera tranquilidade e segurança – eliminando o medo de não saber onde investir.

Superação #4: Invista Periodicamente

Assim como você vai se torna mais rápido, mais apto, e mais qualificado por meio de treinamento, você vai se tornar um investidor melhor ao criar o hábito de investir regularmente durante um período prolongado de tempo.

Se você investe periodicamente, digamos mensalmente, você vai ter três grandes benefícios:

  1. Disciplina: você vai criar o hábito de reservar o dinheiro em uma base regular. Dessa forma, todo mês você vai reservar parte de sua renda para investir. E isso é muito bom!
  2. Não vai especular: você naturalmente não vai tentar adivinhar o mercado ou fazer timming, que claramente é o caminho da especulação.
  3. Não se importa com o oscilações: as quedas e subidas abruptas de mercado não vão te incomodar pois seu horizonte de tempo é o longo prazo – portanto quedas abruptas se tornam oportunidades.

Superação #5: Assuma Seus Erros

De nada adiante você seguir todos os passos anteriores e não assumir seus erros.

Você não pode ter medo de assumir seus erros.

Eu mesmo já cometi muitos erros ao longo de minha vida como investidor.

Aliás, continuo cometendo e sei que vou cometer diversos no futuro.

Porém, eu assumo todos meus erros, não coloco a culpa em terceiros.

As decisões de investimentos dependem unicamente de mim.

Se você quer ter sucesso no longo prazo, precisa assumir seus erros e não fugir deles.

CONCLUSÕES

O medo é uma das emoções mais primitivas do ser humano e graças a ele chegamos onde estamos.

O medo permitiu que nossa espécie sobrevivesse nos alertando dos perigos da natureza e ensinou a superar obstáculos de forma racional.

Dominar suas emoções em relação a investimentos é um desafio constante, mas todos os investidores de sucesso, tais como os grandes investidores em valor, têm feito isso ao longo de décadas.

Não há nenhuma maneira singular para dominar suas emoções, muito menos para controlar seu medo de investir.

Cada pessoa é diferente, e só essa ela saberá qual método funciona melhor para gerenciar suas próprias emoções referentes a investir.

Neste artigo foram vistos 5 medos mais comuns que afetam a maioria dos investidores na hora de investir. Foram eles:

  • Medo 1: Perder Todo o Dinheiro
  • Medo 2: Não Entender Nada de Investimentos
  • Medo 3: Não Saber Onde Investir
  • Medo 4: Não Saber o Melhor Momento para Investir
  • Medo 5: Sofrer com as Escolhas Erradas

Também foram vistos 5 formas para superar todos esses medos:

  • Superação 1: Crie um Fundo de Emergência
  • Superação 2: Aprenda, Estude, Leia!
  • Superação 3: Monte uma Carteira Diversificada
  • Superação 4: Invista Periodicamente
  • Superação 5: Assuma Seus Erros

Eu já senti todos os 5 medos de investir e utilizei as 5 superações para conseguir vencê-los.

Porém, uma coisa você deve se lembrar: nunca ficaremos livres das emoções, pois são elas que nos fazem seres humanos.

Mas também somos seres conscientes, racionais e inteligentes.

Para que possamos ser bem sucedidos em tudo na vida, precisamos saber lidar com nossos medos.

Só assim conseguiremos seguir em frente.

 

E você, qual foi o seu maior medo na hora de investir?

Conseguiu superá-lo?

Conte-nos um pouco sobre como você lida com suas emoções.

 

Bons investimentos!

 

Livros recomendados

 

Fontes de consulta

  • http://twocents.lifehacker.com/how-to-get-over-your-fear-of-investing-1597697139
  • https://www.quicken.com/conquer-your-fear-investing
  • http://www.getrichslowly.org/blog/2015/08/03/overcoming-the-fear-of-investing/
  • http://realmoneyanswers.com/do-you-have-a-fear-of-investing-5-steps-to-get-over-it/
  • http://www.innovativewealth.com/wall-street-wisdom/investing-with-fear-and-greed/

*Créditos da imagem: shutterstock

Receba novidades por email (é grátis!)

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade. Nunca enviamos SPAM!
Medo de Investir: Aprenda a superar seus medos e tenha sucesso nos investimentos
4.9 (98%) 10 votes